Comissão de Direito à Saúde diz que orientações das autoridades sanitárias devem ser priorizadas

A Comissão de Direito à Saúde divulgou nota em que reitera o seu apoio às orientações e manifestações dos órgãos públicos do sistema de saúde. Confira:

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Paraná, por meio da Comissão de Direito à Saúde, vem reiterar o seu posicionamento de apoio às orientações e manifestações dos órgãos públicos do sistema de saúde, as quais devem ser observadas com prioridade pela população e por todas as demais autoridades.

A missão de orientar a população deve ser realizada com base em critérios técnicos e científicos, deixando claras as medidas a serem rigorosamente seguidas por todos os cidadãos.

Neste momento crucial da pandemia, em que os casos aumentam em ritmo preocupante, as medidas de distanciamento e isolamento social, o uso de máscara e álcool gel, a correta higienização das mãos, bem como as demais medidas de cuidado pessoal, aliadas às recomendações de evitar aglomerações e não frequentar determinados locais, refletem na proteção da coletividade.

Das autoridades espera-se prudência, clareza, objetividade e responsabilidade na condução da superação da crise sanitária do país, preservando-se antes de tudo a vida. Da população espera-se espírito comunitário, engajamento e respeito às recomendações.

Comissão de Direito à Saúde da OAB Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *