Guia traz orientação sobre reabertura dos escritórios de advocacia

A OAB Paraná elaborou um guia para auxiliar os escritórios de advocacia na retomada de suas atividades neste período de pandemia do coronavírus. Após três meses de distanciamento social, como forma de enfrentamento e combate à covid-19, os escritórios que decidirem retomar as suas atividades presenciais devem ter uma série de cuidados e adotar medidas para evitar todas as formas de contágio da doença.

Os níveis de incidência continuam altos e o momento ainda é de monitoramento constante e atenção às medidas sanitárias. Uma das propostas do guia é que os escritórios criem uma equipe de transição para montar, implantar e monitorar um plano de reabertura, incentivando práticas e comportamentos para funcionários e visitantes.

Dados

Para a retomada das suas atividades, os escritórios devem estar atentos às informações e orientações repassadas pelas autoridades sanitárias. Dados recentes indicam que o Paraná mantém a menor incidência do novo coronavírus por 100 mil habitantes no Brasil, com taxa de 41. O índice nacional é de 245 e o da Região Sul é de 76,9. De acordo com o boletim da Secretaria de Saúde do Paraná (SESA) de 1º de junho, o Paraná registra 190 mortes causadas pela Covid-19 e tem 4.835 casos.

Em todo o território paranaense, estão ocupadas 273 vagas nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), o que corresponde a 48% do total disponível. O governo não descarta a adoção de medidas mais restritas de circulação se houver uma escalada dos casos de contaminação.

Desde 28 de abril, é obrigatório o uso de máscara em ambientes coletivos em todo o Paraná. Mas além dessa providência, os escritórios têm uma série de outros cuidados a respeitar.

Acesse o guia aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *