Diretores discorrem sobre automação das salas e convênio com o Sicoob

O painel sobre informações financeiras da gestão foi apresentado pela secretária-geral adjunta da OAB Paraná, Christhyanne Regina Bortolotto, e pelo diretor-tesoureiro, Henrique Gaede. “Quero abrir minha apresentação parabenizando todos vocês pelos recursos que economizamos com a suspensão temporária dos contratos de trabalho durante a pandemia. Foi maravilhoso. Agradeço também aos colaboradores que cooperaram para essa ação e, no final, saíram sem nenhum centavo de redução de ganho”, observou.

Christhyanne elogiou o excepcional trabalho conduzido pela vice-presidente Marilena Winter na condução do Sistema de Gestão de Qualidade. “Pudemos evitar muito retrabalho”, observou antes de passar a explicar como se dará a automação das salas da advocacia nos fóruns do Paraná. “O objetivo do atendimento é ajudar no acesso ao Projudi, na emissão de certidões. Então, por que não ter uma equipe mais especializada, que possa prover esse atendimento remotamente? Afinal, aprendemos a trabalhar a distância. É imprescindível que as salas fiquem abertas e que o advogado seja assistido, mas não há necessidade de ter alguém em cada sala”, explicou, lembrando também da economia que a medida representará para a folha de pagamento.

Revitalização

De acordo com a secretária-geral adjunta, está sendo finalizado um acordo com o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) para que a ideia de atendimento remoto seja implantada, inicialmente em um projeto-piloto. Ela também citou que a economia gerada pelo novo modelo permite investimento na revitalização do layout, o que foi feito recentemente no Fórum de Araucária e também na sala instalada no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná.

Em um aparte, o diretor de prerrogativas, Alexandre Salomão, destacou a importância de um espaço adequado para a atuação da advocacia citando como exemplo o parlatório implantando na Cadeia Pública de Toledo, fruto, em grande medida, de parcerias estabelecidas pela subseção, presidida pela advogada Anemere Dulaba. Eduardo Tobera, presidente da OAB Palmas, citou também a parceria que permitiu a instalação de salas de advogados em unidades da Polícia Militar.

Anuidades

O diretor-tesoureiro Henrique Gaede abriu sua apresentação falando sobre a expectativa de que após a vacina tudo comece a mudar. “Do aprendizado que tivemos, ficam coisas boas como o aumento do domínio no uso da tecnologia pela advocacia”, disse, em alusão à iniciativa de automação das salas da advocacia.

Citando os problemas decorrentes da pandemia, Gaede apontou o aumento da taxa de inadimplência e a queda de 18% da receita de serviços em relação ao exercício anterior. Ele lembrou que redução da receita na seccional pode ser suportada graças à sequência de gestões eficientes, mas explicou que estão sendo emitidos boletos para recuperação de anuidades atrasadas em condições especiais. “Nesses boletos as anuidades poderão ser postas em dia com 100% de redução da multa e 50% de redução dos juros”, informou.

O diretor-tesoureiro citou ainda um exemplo pessoal para mostrar a vantagem trazida pelos convênios da Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná (CAA-PR) para a advocacia adimplente. “Esta semana economizei, com o convênio da OAB, R$ 220 na farmácia. Isso equivale a 22% da anuidade. Mesmo antes de o programa Anuidade Zero ser assim formatado, os descontos, na ponta do lápis, já cobriam a anuidade”, afirmou.

Convênio

Gaede falou ainda sobre o estudo comparativo que apontou a seccional como a segunda mais transparente do sistema OAB. “Queremos avançar, não só para alcançar o estado da arte, mas também para garantir o máximo nível de informação à classe”, explicou. Um dos esforços, sugerido pelo secretário-geral Rodrigo Rios, tem como base um modelo visto na Austrália e consiste em apresentar, no carnê da anuidade, um gráfico que informe a destinação dos recursos arrecadados pela seccional.

Outra novidade divulgada foi a assinatura do convênio da OAB Paraná com o Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob). Na visão de Gaede, essa é uma semente para que no futuro a seccional possa contar com uma cooperativa dos advogados. Segundo ele, em breve deve ser instalado um posto de atendimento do Sicoob na área da CAA-PR.WhatsApp Image 2020-12-04 at 11.07.48WhatsApp Image 2020-12-04 at 11.31.11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *